MarchaMundial.Net

Marcha Mundial pela Paz e Não-violência

Cordel da Paz

Convido a sociedade
Para a marcha mundial
Onde a paz do ser humano
É o tema principal
Pelo senso de urgência
Ações de não violência
Seja o nossa ideal

Invoco Mahtma Gandhi
Luter King e outros mais
Na luta por liberdade
E direitos sociais
Presentes pela memória
Unindo nossa história
No mesmo sonho de paz

A nossa luta de paz
Pra toda humanidade
É feita pelo diálogo
Com interatividade
Cada qual com sua arte
Vem fazer a sua parte
Com mais criatividade.

Para se chegar na paz
É preciso um novo olhar
Entender que cada ser
Navega no mesmo mar
Que cada um é irmão
Na mesma embarcação
Aprendendo a navegar

Resgatar valores simples
A família a amizade
Afeto pelos humildes
O respeito a lealdade
Uma cultura de paz
A gente mesmo é quem faz
Na solidariedade

Unir as próprias idéias
Encontrando soluções
Solucionar conflitos
Propondo transformações
Sermos todos plantadores
Aprendendo a plantar flores
Nos jardins dos corações
Que a nossa convivência
Tenha paz e alegria
Que nos sintamos felizes
Sob o sol de cada dia
Na nossa diversidade
Encontremos unidade
Na mais perfeita harmonia

A luz da educação
Vencendo a ignorância
Construindo a consciência
Combatendo a arrogância
Afastando o preconceito
Na luta pelo direito
Agindo com tolerância

O valor de cada homem
Não reside em sua cor
Está na sua ação
O seu principal valor
Se na sua inteligência
Usa a sua consciência
Pra da Paz ser construtor

A caminhada da paz
É feita pela ação
De quem despertou do sono
Da sua acomodação
Colocando na bagagem
Amor, respeito e coragem
Com mais participação

Somos todos passageiros
Da nave da existência
Sujeitos a tempestades
Da nossa inconsciência
Façamos do humanismo
O principal mecanismo
Contra toda violência

Devemos fazer aos outros
O que queremos ser feito
Para construir um mundo
Liberto do preconceito
A solidariedade
Num sonho de liberdade
Onde a lei é o respeito
A nossa Satyagraha
É a organização
A consciência de luta
E a participação
De quem acordou mais cedo
Enfrentando o próprio medo
Por um mundo cidadão

Se desejamos a paz
Teremos que construir
Escolas que nos ensinem
A pensar e a sentir
Que a nossa felicidade
Vem na mesma quantidade
Que a gente evoluir

Um passo de cada vez
Um pouco mais cada dia
Vencendo cada obstáculo
A paz aqui se anuncia
Trocando ações arbitrárias
Por ações humanitárias
Na força da harmonia

Assim serão extinguidos
Oprimidos e opressores
Os homens humanizados
Viverão novos valores
Unidos e irmanados
Vivendo em novos reinados
Onde só há vencedores

Nossa pátria deve ser
Uma só pátria global
Com mais oportunidades
E um tratamento igual
Nenhum homem se rebele
Nem se julgue a cor da pele
Num tribunal racial

Cada ser humano tenha
A sua autonomia
Que ninguém seja oprimido
Pela nossa economia
A nossa emancipação
Seja a sinalização
Do tempo que se inicia

Que a paz esteja presente
No mundo em cada nação
E comece em cada um
Fazendo a transformação
Ter a paz no sentimento
É não fazer julgamento
Pois o julgado é irmão

Ter paz também nas palavras
Numa ordem positiva
Ordenar os pensamentos
Ter mais iniciativa
A paz para ser presente
È germinando a semente
De uma mente criativa

Assim cada ser humano
Sabendo se equilibrar
Respeitando ao seu próximo
Ensina a si respeitar
Na lei da causa e efeito
Quem planta o que é direito
Colhe o mesmo que plantar

Desta plantação da paz
Sejamos bons plantadores
Cultivemos cada ação
Feita com nossos valores
O pensamento humanista
Numa nação pacifista
Produzindo mais amores...


Autor: Romero Meneses
romero_meneses@hotmail.com
Colaborador da Marcha Mundial pela Paz e não Violência.
Radicado há mais de 23 anos em Recife

Tags: Cordel, Marcha, Meneses, Mundial, Paz, Recife, Romero, da, em

Views: 572

Attachments:

Reply to This

Faça uma Doação

Notícias da Marcha

ONU alerta para possíveis ‘crimes de guerra’ de Israel em Gaza; mais de 600 já morreram

A esmagadora maioria das mortes ocorreu na Palestina, incluindo pelo menos 150 crianças. Mais de 600 pessoas foram mortas no mais recente conflito em Gaza e Israel, a esmagadora maioria da Palestina. Além disso, mais de 150 são crianças palestinas foram assassinadas pelas forças israelenses, no que pode se constituir – segundo declarou a chefe […]

Instituto denuncia grampo em telefones de advogados de ativistas no Rio de Janeiro

Segundo o presidente do Instituto de Defesa dos Direitos Humanos (DDH), João Tancredo, todos os telefones fixos e os celulares de pelo menos dez advogados de defesa de ativistas denunciados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro foram grampeados pela Polícia Civil durante o inquérito instaurado em junho do ano passado para apurar as ações […]

Juristas pedem fim da criminalização de protestos e liberdade para ativistas

Por Camila Maciel – Repórter da Agência Brasil   Um manifesto assinado por 92 juristas brasileiros pede o fim da criminalização dos protestos e a imediata liberdade de Fábio Hideki e Rafael Marques, ativistas presos há 30 dias, quando participavam de uma manifestação em São Paulo. No texto, eles dizem que estão perplexos com “o recrudescimento […]

Eduardo Galeano: Já pouca Palestina resta. Pouco a pouco, Israel está a apagá-la do mapa

Desde 1948, os palestinianos vivem condenados à humilhação perpétua. Não podem sequer respirar sem autorização. Têm perdido a sua pátria, as suas terras, a sua água, a sua liberdade, tudo. Nem sequer têm direito a eleger os seus governantes. Por Eduardo Galeano publicado no Esquerda.Net   Para justificar-se, o terrorismo de Estado fabrica terroristas: semeia […]

Setor elétrico no Brasil: crise recorrente

Neste início de 2º semestre, o cenário do setor elétrico deixa claro, mais uma vez, os numerosos erros cometidos nos últimos anos, e que foram potencializados, apontando para uma urgente e indispensável transformação na estrutura de organização, de gestão e de planejamento do setor. A tímida reforma ocorrida em 2004 não trouxe a pretendida resposta […]

© 2014   Created by Mundo Sem Guerras.

Badges  |  Report an Issue  |  Terms of Service